26 de outubro de 2014

Jovem é assassinado na fila de votação com três tiros em Mossoró


Um eleitor de apenas 19 anos foi assassinado a tiros na fila de votação na escola municipal Celina Guimarães, em Mossoró, no oeste do estado. A vítima estava na fila de votação no momento em que recebeu diversos disparos de um criminoso que conseguiu fugir. A Polícia Militar realiza diligências para tentar prender o criminoso. A hipótese de relação do homicídio com disputa eleitoral não foi cogitada.

A jovem foi identificado como Robson Diego de Moura Soares, ele respondia a dois processos na Justiça por porte ilegal de armas. Segundo relatos iniciais, a vítima estava na fila dentro da escola aguardando a vez para votar, quando o criminoso entrou na escola, foi até o local onde estava a vítima, e efetuou os disparos. Houve correria e, nesse momento, o bandido conseguiu escapar. Em outra versão investigada, a vítima já estaria fugindo do bandido e adentrado a escola para tentar se esconder, mas foi encontrado e recebeu três tiros na cabeça. 

De acordo com o major Fagundes, da PM em Mossoró, policiais já estão nas busca pelo criminoso. O que há, até o momento, é a descrição física do bandido. Segundo informações preliminares, não há confirmação sobre a identidade do suspeito, tampouco a forma como ele conseguiu escapar do local de votação.

O Itep foi à escola para realizar a perícia no local do crime e retirar o corpo. A votação permaneceu suspensa até a retirada do corpo.

Tribuna do Norte